Notícias

Aniam
06/12/2012

SEGURANÇA - RELATOR DEFENDERÁ VENDA DE ARMAS, CONFORME APROVADO EM REFERENDO DE 2005

O deputado Claudio Cajado (DEM-BA), relator do Projeto de Lei 3722/12, que revoga o Estatuto do Desarmamento (Lei 10.826/03) e regulamenta a aquisição e circulação de armas de fogo e munições no País, disse ontem, em debate na Câmara, que seu parecer será pautado pelo resultado do referendo de 2005, que permitiu a comercialização das armas. O projeto é de autoria do deputado Rogério Peninha Mendonça (PMDB-SC).

Segundo ele, o referendo mostrou que a população brasileira, majoritariamente, não se sente segura com a proteção que recebe do Estado. Afirmou também que o parecer não permitirá excessos de liberalidade. Cajado presidiu audiência pública da Comissão de Relações Exteriores e de Defesa Nacional sobre o projeto.

No referendo, foi perguntado aos eleitores se o comércio de armas de fogo e munição deveria ser proibido. Houve 92,4 milhões de votos válidos, dos quais 63,95% foram “não” e 36,06% “sim”.

Venda de armas - Atualmente, segundo Claudio Cajado, o Estatuto do Desarmamento proíbe a venda de armas, com exceções, quando a lógica deveria ser a inversa, em razão do referendo: a lei deveria permitir a venda de armas, com exceções. A violência na Bahia, segundo destacou, cresceu assustadoramente nos últimos anos. “Os bandidos estão armados, e o cidadão comum está sem armas”, comparou.

O deputado relatou um exemplo pessoal: disse que comprou uma propriedade rural, que algum tempo depois foi assaltada. Diante disso, ele resolveu comprar uma arma para deixar na fazenda, mas seu pedido foi inicialmente negado pela Polícia Federal.

“Como não ter uma arma nesse local, que é isolado e não tem proteção nenhuma?”, questionou. Cajado insistiu e acabou conseguindo o porte, mas concordou com o orador anterior, o ex-deputado Alberto Fraga, que é defensor da permissão da venda de armas.

Fraga disse que o Estatuto do Desarmamento permite a comercialização, mas a Polícia Federal coloca tantos obstáculos e acaba impedindo os cidadãos de exercer esse direito.

Wilson Silveira

http://www.camara.gov.br/internet/jornalcamara/default.asp?selecao=materia&codMat=77299&codjor=

 

 


Veja também as notícias anteriores   Veja também as notícias anteriores

 

21/12/2018 - Prefeitura investe na aquisição de 25 mil munições para a Guarda Municipal
14/12/2018 - Forjas Taurus irá ouvir investidores em reunião na Faria Lima
10/12/2018 - TAURUS INICIA “NOVA FASE” COM AQUISIÇÃO DE EQUIPAMENTO
10/12/2018 - Venda de armas cresce no Paraná
28/11/2018 - SISTEMA PENITENCIÁRIO ADQUIRE ESPINGARDAS CALIBRE 12 E CAPACITA AGENTES PARA MANUTENÇÃO DAS ARMAS
28/11/2018 - Justiça concede direito a guardas municipais de Acopiara a portarem armas de fogo durante e fora do serviço
28/11/2018 - SC tem recorde de registros de armas
21/11/2018 - Vendas de armas da Taurus aumentam 73% no país
15/11/2018 - 90 anos da Seap: Ricardo entrega pistolas e coletes balísticos ao Sistema Penitenciário
09/11/2018 - Guarda Civil Municipal ganha armamento moderno em SBC
09/11/2018 - Mais armamentos para as PMs da região
07/11/2018 - INICIADAS AS OBRAS DA NOVA FÁBRICA DA TAURUS NOS ESTADOS UNIDOS
07/11/2018 - DADOS SOBRE HOMICÍDIOS ALIMENTAM O DEBATE ARMAMENTISTA NO BRASIL
06/11/2018 - Taurus lança arma com dupla trava para uso policial e militar; ações sobem
05/11/2018 - ELES SURFARAM A ONDA DO BOLSONARISMO
05/11/2018 - TAURUS LANÇA ARMA DESENVOLVIDA PARA USO POLICIAL E MILITAR
01/11/2018 - DIVERGÊNCIA NO PORTE DE ARMA
31/10/2018 - Prefeitura de São Bernardo moderniza armamento da Guarda Municipal
30/10/2018 - Maioria é a favor da flexibilização das regras para porte de arma
24/10/2018 - Maior fabricante de armas do Brasil, Taurus registra aumento de 504% das ações
24/10/2018 - Taurus atribui alta das ações da companhia à gestão e bons resultados
19/10/2018 - Taurus: gestão e bons resultados alavancaram alta das ações
06/10/2018 - Ação de fabricante de armas tem valorização de 130%
06/10/2018 - Ações da Taurus dobram de Valor.
11/10/2018 - Conselho da Taurus aprova emissão de bônus de subscrição que pode movimentar até R$400 mi

 

 

Copyright © 2015 - Todos os direitos reservados.
Powered by .PACH.